A CARREGAR...

 
4/4

A feitura de vinho por processos artesanais, recorrendo à utilização de grandes potes de barro (Talhas) é uma técnica herdada do período romano que perdurou inalterada durante cerca de 2 milénios...

...tendo apenas caído em desuso com a enologia moderna e produção industrial a partir de meados do século XX.

A técnica foi sendo, desde então, progressivamente abandonada, remetida para modestas produções caseiras e tendo como último reduto as pequenas tascas de aldeia, também estas actualmente em perigo de extinção.

Para nós, este método arcaico de vinificação e tudo o que rodeia, representam a essência da cultura Alentejana, carecendo de preservação e divulgação.
Também a técnica, laboriosa e exigente em mão-de-obra é de uma enorme simplicidade, representando a mais pura forma de elaboração de vinhos de qualidade e com características únicas.

Estes são os motivos que nos levaram a recuperar velhas talhas de barro para a sua função antiga e nelas elaborar um dos melhores e mais raros vinhos históricos de Portugal.
 
A CARREGAR...